fbpx

This site uses cookies and related technologies to help us provide you with a better experience. By clicking on the "Accept" button or continuing your browsing you agree to the use of cookies.

Aceitar

Slangs & Idioms

Brazilian regional slang and idioms

Yes Portuguese
Escrito por Yes Portuguese em outubro 1, 2020
Brazilian regional slang and idioms
Join more than 20,000 people

Subscribe Now to Free Classes and Materials, Daily Video Tips and Podcasts

Olá! Bem-vindo de volta! In this post, we will talk about some Brazilian regional slang and idioms. You know Brazil is a huge country, right? And you know the country is divided into regions, which in turn are divided into states. So besides having different accents, each region (or state) also has a specific vocabulary, including specific slang and idioms.

Can Brazilians from different regions understand each other?

Before you think we Brazilians from different regions can’t understand each other – because of all these differences – we have to tell you that this is not true. It actually doesn’t matter if you are from North or South, or Southeast or Northeast or Midwest, we are all BRAZILIANS and, even with a few differences, we can have a great communication! If we don’t know a slang or an idiom from a specific part of Brazil, we just ask for its meaning and… problem solved!

Are you read to learn some Brazilian regional slang and idioms?

Let’s get started and learn these slang and idioms! We want to begin showing you the map below, then you will have a visual idea of Brazilian regions and states.

Take a good look at the map. It will help you to find the state when we mention it below. Important reminder: we are not covering all Brazilian states here, but we got some representatives of each region. And it’s impossible to talk about all slang and expressions here. Of course there a lot more!!!

1. Região Sudeste (Southeast)

São Paulo

A fila anda: geralmente usado para dizer que a vida continua após um rompimento de um relacionamento. 

Abraça: significa desistir de algo. = Aceita

Daora: é algo legal.

De boa, sussa: significa que tá tranquilo.

Gente fina: uma pessoa legal, agradável, bacana, gente boa.

Padoca: o mesmo que padaria.

Putz ou Putz grila: expressão que indica algo inesperado, uma surpresa ou espanto diante de alguma coisa.

Mina: é a compressão da palavra menina. O mesmo que garota.

Mano: É tipo brother, irmão, amigo, camarada, colega. 

Tá embaçado: sabe aquela situação complicada de resolver? Então, tá embaçado. Uma situação difícil.

Meu: mesmo que mano.

Sacaram: Mesmo que compreender algo.

Pagando pau: quando se está interessado em alguém.

Busão: apelido carinho para ônibus.

Trampo: é o local de trabalho.

Treze: uma pessoa doida, louca…

Colar lá: o mesmo que comparecer em um determinado local.

Rolê: sair, dar uma volta, passear.Vaza daqui: quer expulsar alguém? Pode usar o vaza daqui que vai dar certo

Rio de Janeiro

0800: grátis. 

Brou / Brother: amigo ou companheiro.

Beleza / Belezura: cumprimento do tipo tudo certo!

Bolado: preocupado com algo ou alguém.

Caô: uma mentira.

Cara: mesmo que brother.

Caraca: serve para situações de surpresa, desapontamento ou espanto.

Dá uma moral ou dá uma moral, aê!: dar um apoio, força.

Dar um relax: curtir, descansar, relaxar…

Deu ruim: que não deu certo.

Ih, ó o cara: para chamar atenção sobre algo que alguém esteja fazendo. Interjeição que indica “olha só, viu o que ele está fazendo”?

Já é: para concordar com algo.

Fala sério: usado para descontentamento por algo.

Ficou pequeno pra ele: ficar mal falado.

Maneiro: muito legal. 

Mermão: mesmo que cara.

Mó: muito.

Partiu: indica o começo de alguma ação. Mesmo que “bora”.

Sinistro: pode ser uma situação difícil ou um elogio.

Vacilo e vacilagem: um erro, engano…

Vacilão: a pessoa que erra.

Minas Gerais

Andar no passeio: caminhar na calçada.

Blusdifrii: a blusa de frio.

Bololô: Confusão, agitação.

Lambiscar: comer pouco.

Cascou fora: sair correndo. Ou mesmo que dar no pé.

Massagáda: roupa amassada.

Nu: para expressar surpresa.

Ôns: significa ônibus.

Oncotô: tá perdido. É como falar “onde eu estou?”.

Trem: qualquer coisa pode ser um “trem”.

2. Região Nordeste (Northeast)

Bahia

Bater um baba: jogar futebol.

Binho / Binha: apelido carinhoso de qualquer pessoa quando se está com preguiça de dizer ou não se sabe o nome.

Boca de me dê: pessoa folgada, pidão.

Boca de zero nove: pessoa corajosa.

Cacete armado: lugar ruim demais.

É barril: um aviso para quando algo vai dar errado.

Muléstia: usada como espanto, descontrole…

Ôxe: interjeição usada em diferentes situações para indicar surpresa, espanto, dúvida…

Lá ele!: mesmo que dizer “eita!”.

Queixar: marcar um encontro com o “date”.

Virado no setenta: com raiva.

Vixe: expressão de surpresa.

Xêro: usada nas despedidas. Mesmo que dar tchau.

Ceará

Estribado: com dinheiro.

Mangar: debochar.

Macho ou Macho Rei: tipo cara, mano, meu…

Queixar: dar uma cantada.

Tem é Zé: que é muito difícil.

Maranhão

Caçar barulho: procurando confusão.

Ser o bicho cacau: ser o melhor.

Dar o doce: mesmo que casar.

Só querer ser 31 de fevereiro: querer aparentar o que não é.

3. Região Sul (South)

Rio Grande do Sul

Bah!: talvez a gíria mais conhecida do Rio Grande do Sul, o “bah!” é uma interjeição usada para expressar surpresa, tristeza, mal-estar, alívio, espanto, dúvida… Exemplo: Bah, que frio! É uma palavrinha versátil e multiuso.

Baita: uma coisa grande.

Boiando: quando você não entende alguma situação, fica por fora do assunto, não sabe o que está acontecendo.

Borracho: diz sobre a pessoa que bebeu demais.

Capaz: capaz é empregado em tantas situações diferentes, que pode parecer complicado no começo. Resumindo, pode ser usado como interjeição ou resposta para quase todas as situações de espanto, surpresa, tristeza ou alegria.

Chimas: chimarrão.

Cusco: cachorro.

Guri / Guria: o mesmo que menino e menina. Também usado com o mesmo significado de “cara” ou “mina”.

Juntar os trapos: quando alguém casa no Rio Grande do Sul, essa pessoa está juntando os trapos.

Larguei de mão: quando você desiste de algo ou alguém.

Me caiu os butiá do bolso: expressão de espanto, surpresa.

Naco: Quer dizer, uma porção farta de algo.

Piá: um menino ou pessoa de comportamento infantil.

Pila: dinheiro.

Sossega o facho: fica quieto!

Queimar o filme: atitude que coloca a reputação de alguém à prova.

Tchê: popular expressão gaúcha de saudação e exclamação, geralmente para se referir a alguém. O mesmo sentido de cara, amigo e por aí vai…

Tri: para dizer que algo é ou foi muito legal, bacana

4. Região Norte (North)

Amazonas

Abestado: bobo, imbecil, idiota.

Até o tucupi: pra dizer que algo está muito cheio.

Baixa da égua: para se referir a um lugar muito longe

Brocado: quando se está com fome.

Carapanã: mosquito ou pernilongo.

De bubuia: ficar de boa, tranquilo, relaxado.

Égua!: uma expressão usada quando se está surpreso ou quando se leva um susto.

Ê caroço!: expressão de espanto, surpresa ou admiração.

5. Região Centro-oeste (Midwest)

Goiás

Mocozá: esconder

Paia: Sem graça

Peia: Surra

Pelejar: Tentar

Pizêro: Bagunça

Pulá o corguim: Passar dos limites

Purgante: Chato, enjoado

Now that you know all these slang and idioms, if you want to see them being pronounced, watch this class HERE available in our Youtube Channel.

If you want to learn other expressions, take a look at this other post here.

Hey,

o que você achou deste conteúdo? Conte nos comentários.

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *